Durante show em São Paulo, Halsey fala sobre o sucesso de “Closer”: “Tocava em todos os lugares e isso ficou irritante”

Na noite desta quarta-feira (6), a cantora Halsey realizou o primeiro show da turnê “Hopeless Fountain Kingdom” no Brasil, mais precisamente em São Paulo. Com a casa de shows Espaço das Américas abarrotada de adolescentes, a cantora “negra” realizou uma apresentação cheia de hits, permeando também pelo seu primeiro disco, “Badlands”, lançado em 2015.

Infelizmente não temos propriedade para falar sobre o início do show, pois a intérprete de “Colors” iniciou o show às 21:30, sendo que estava marcado para às 22:00…mas ok, relevamos!

O primeiro grande momento do show, felizmente, conseguimos presenciar: “Strangers”, sua parceria com a Lauren Jauregui, foi a primeira apresentação a fazer os fãs irem, literalmente, a loucura com berros e pulos. Muito a vontade no palco, a ex-membro do Fifth Harmony transpareceu estar muito feliz de  finalmente poder iniciar a sua carreira solo, mas, seu júbilo não foi o bastante para segurar a performance. Os vocais de Halsey engoliram os da morena quando ambas dividiam os versos:

Por falar em voz, a “MC Halsinha” está de parabéns: seu show é despedido de toda vaidade e parafernália possível. Não há trocas de roupas excessivas e nem cenários com balés gigantescos, mas mesmo assim, a americana de 23 anos conseguiu levar o show todinho apenas no microfone. Canções como “Walls Could Talk”, “Bad at Love” e “Sorry” foram um deleite ao vivo.

Com poucas pausas de uma música para outra, o momento mais íntimo do show foi com a apresentação acústica no piano do hit “Closer”, parceria do duo The Chainsmokers com a cantora. Após fazer a platéia chorar com a versão repaginada, Halsey não poupou as palavras e declarou: “Esta música foi o meu primeiro grande hit nas rádios, mas tocava em todos os lugares e isso ficou irritante”, ela declarou. Todavia, para não sair como a ingrata da situação, ela finalizou: “Mas eu sou grata por esta canção, ela me fez ser ouvida em lugares que nunca pensei que seria, e eu agradeço por vocês me deixarem ser a trilha sonora da vida de vocês”.

Para finalizar o show, uma apresentação poderosa de “Hurricane” foi encenada com muitos confetes e luzes, acompanhada de um seco adeus vindo da cantora. Infelizmente músicas como “Drive”, “Ghost” e “Don’t Play”, não entraram na setlist do Brasil.

Halsey agora segue para o Rio de Janeiro, onde se apresenta nesta quinta no Vivo Rio. Ainda há ingressos para o show, clique AQUI para maiores informações.

Comentários