Em São Paulo, Black Eyed Peas dribla ausência de Fergie e faz show enérgico com muita nostalgia

Visitantes assíduos do Brasil desde quando surgiram lá no início dos anos 2000, o grupo Black Eyed Peas se apresentou na última noite de sexta (04) em São Paulo, no Ginásio do Ibirapuera. Encerrando o Festival Itaipava de Som ao Sol, que também teve Seal e Weezer como atrações, will.i.am e sua trupe conseguiram driblar a ausência da vocalista Fergie e trouxeram ao público um show enérgico e nostálgico.

Sendo a primeira vez deles aqui sem a diva do grupo, o grande questionamento que pairava era se a banda iria dar conta do recado. Na primeira parte do show, que iniciou com meia hora de atraso para uma plateia parcialmente vazia , o caras já entregaram as cartas com os maiores hits. Não houve espaço para o último disco deles, lançado em 2018. A nostalgia era o sentido ali e o recado tava dado. Animados, alinhados com a banda e com o público, will.i.am, Taboo e apl.de.ap causaram alvoroço na plateia com os hinos “Imma Be”, “Don’t Lie”, “Pump It”, “Let’s Get it Started” :

Como disse no primeiro parágrafo, não rolou Fergie por aqui. Mas o show não ficou vazio de presença feminina. Jessica Reynoso, ex-participante do The Voice das Filipinas, foi a responsável por comandar a apresentação juntamente aos rapazes. Carismática, a moça manda bem na voz, mas não tem o star quality de Fergie.

O set de will.i.am

Já na metade do show, a banda se retirou e uma estrutura de apoio com um notebook foi trazida para a beirada do palco. Era a vez do “pocket show” do will.i.am. Intercalando seus êxitos pessoais, o rapper e produtor apresentou alguns fracassos como “That Power”, sua parceria com Justin Bieber, e outros sucessos como o seu feat com Britney Spears na faixa “Scream & Shout”.

Mesmo com este set exclusivo, will.i.am não foi o destaque da noite. Taboo, integrante desconhecido para a grande maioria, foi o membro que mais se evidenciou. Não por conta de seus vocais, mas pelo seu jeito despojado com o público. O rapaz desceu várias vezes do palco para conversar diretamente com os fãs, tendo até dado o seu boné para um deles. Estava emocionadíssimo em alguns momentos.

Já no fim da noite, o grupo deixou o ambiente mais emotivo ao apresentar “Where Is the Love?”. A música por si só já é linda, mas quando a banda dedicou a canção à Amazônia e aos seus moradores, a atmosfera ficou bem mais comovente.

Passado este momento lágrimas, o grupo realizou a primeira apresentação de “eXplosion”, recém parceria com a Anitta. Pelo fato da música ser nova, a maioria das pessoas ali presentes não sabiam a letra e tampouco demonstraram animação. A derradeira canção do show ficou por conta de “I Gotta Feeling”, um dos maiores sucessos musicais deste século. O momento final foi em escala maior, ao menos.

O grupo se apresenta neste sábado (05) no Palco Mundo do Rock In Rio, juntamente de Anitta e P!nk. Os ingressos estão esgotados.

Comentários