Destaque, Teatro - "O Gato Malhado e a Andorinha Sinhá", clássico infantojuvenil de Jorge Amado, vira musical de rua pela Cia. Novelo
DestaqueTeatro

“O Gato Malhado e a Andorinha Sinhá”, clássico infantojuvenil de Jorge Amado, vira musical de rua pela Cia. Novelo

Escrito por Jorge Amado em 1948, durante sua estadia em Paris, o livro “O Gato Malhado e a Andorinha Sinhá”, a princípio, não era para ter sido lançado. A fábula sobre o amor de um intragável gato por uma amável andorinha foi elaborada como presente do autor para seu filho, João Jorge.

Reencontrada anos depois, a obra, uma das raras infantojuvenis do escritor baiano, foi finalmente lançada comercialmente – e agora, o público de São Paulo terá a chance de conferir a história em um musical encenado ao ar livre pela Cia. Novelo a partir do dia 28, no Parque Augusta.

Companhia que desde 2014 atua nas ruas, a Novelo alcançou reconhecimento com a representação do clássico de Shakespeare, “Sonho de uma Noite de Verão”, que durante 5 anos circulou por várias cidades. Para o grupo, encenar o clássico de Jorge Amado é um desejo antigo que finalmente ganha vida graças ao IBT – Instituto Brasileiro de Teatro, que financiou o trabalho apenas com recursos de pessoas físicas.

“Levantamos o Sonho de uma Noite de Verão com financiamento coletivo e passando o chapéu depois das apresentações. Desta vez, queríamos ser devidamente remuneradas pelo nosso trabalho e já estávamos quase desistindo desse projeto. O IBT tem essa importância de mostrar para as empresas e pessoas que podem financiar o teatro que a arte é importante e que os artistas são profissionais e precisam ser valorizados”, defende a atriz Thalita Trevisani.

Com seis canções originais compostas em sua maioria por Domitila Gonzalez, que também atua na peça, o espetáculo conta com a direção musical de Marco França, profissional que também dirige o musical “Morte e Vida Severina”, em cartaz no TUCA.

Além de Marco, a produção marca a estreia da diretora Maristela Chelala, que pela primeira vez trabalha em uma peça de teatro de rua: “É um texto muito escrito em cima do jogo entre as personagens e as atrizes. O teatro de rua é um universo que eu amo e me apavorava, porque, nele, o céu é o limite. Acho que, depois de tudo que passamos nos últimos anos de pandemia, temos mesmo é que ir para a rua. Temos que ocupar os espaços e falar”.

Serviço: O Gato Malhado e a Andorinha Sinhá, com a Cia. Novelo

Local: Parque Augusta – Rua Augusta, 200, Consolação

Temporada: de 28 de maio a 17 de junho, aos sábados e domingos, às 15h (com sessões extras nos dias 16 e 17 de junho. *A apresentação do dia 19/06 será no Parque do Carmo, às 15h).

Elenco: Beatriz Kovacsik, Domitila Gonzalez, Maria Eugênia Portolano, Samya Pascotto, Thalita Trevisani e Valérie Mesquita.

Classificação: livre

Ingressos: grátis (basta chegar e assistir ao espetáculo)

Duração: 70 minutos

Qual a sua reação?

Animado
0
Feliz
0
Apaixonado
0
Pensativo
0
Divertido
0

More in:Destaque